Governança Corporativa

Conselho de Administração

O Conselho de Administração é responsável por estabelecer políticas estratégicas gerais e comerciais. Entre suas funções, elege, orienta e gerencia a atuação dos executivos.

Conselho de Administração

Benjamin Steinbruch – Presidente do Conselho

Formado em Administração pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas – SP, com pós-graduação em Marketing e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas - SP. É integrante do Conselho de Administração da Companhia Siderúrgica Nacional (“CSN”) desde 23 de abril de 1993, ocupando, desde 28 de abril de 1995, o cargo de Presidente do Conselho de Administração. Ocupa também o cargo de Diretor-Presidente da CSN desde 30 de abril de 2002. Desde 2017 é Presidente do Conselho de Administração do Jockey Club de São Paulo, Membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social desde 2014.

Nos últimos 5 anos, foi Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente da Vicunha Siderurgia S.A. e Presidente do Conselho de Administração da Nacional Minérios S.A., Transnordestina Logística S.A. e FTL – Ferrovia Transnordestina Logística S.A. Atualmente é Presidente do Conselho de Administração da Vicunha Aços S.A., da Fibra Cia. Securitizadora de Créditos Imobiliários, do Banco Fibra S.A., da Companhia Metalúrgica Prada e da CSN Mineração S.A. (ambas controladas pela CSN), Vice-Presidente do Conselho de Administração da Textília S.A. e Presidente do Conselho Deliberativo da Fundação CSN.

Clarice Steinbruch

Graduada pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas, onde se formou em Administração de Empresas e em Direito na Universidade Paulista. Nascida em setembro de 1958, tem atuado como executiva e membro do Conselho de Administração de várias empresas do Grupo Vicunha. É diretora da Elizabeth S/A Indústria Têxtil, CFL Participações Ltda. e Taquari Participações Ltda. Também integra o Conselho de Administração da Fibra Companhia Securitizadora de Créditos Imobiliários (empresa controlada pelo Banco Fibra).

Elisabeth Steinbruch Schwarz

Graduada em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Nascida em outubro de 1954, atua como diretora-executiva e membro do Conselho de Administração de várias empresas do Grupo Vicunha. É executiva da Elizabeth S/A Indústria Têxtil, Rio Purus Participações S.A. e da Taquari Participações Ltda. Também integra o Conselho de Administração da Fibra Companhia Securitizadora de Créditos Imobiliários (empresa controlada pelo Banco Fibra).

José Antônio Miguel Neto

Formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, estudou Leis Internacionais na Parker School of International and Corporate Law (EUA). Nascido em abril de 1963, trabalhou para a Johnson & Johnson SA (São Paulo), Sidley & Austin (Nova York) e Stroeter e Trench e Veirano Advogados (São Paulo). É sócio da firma de advocacia Miguel Neto Advogados Associados (São Paulo).


Comitês

O Conselho de Administração e a Diretória Executiva são apoiados pelo trabalho de Comitês, instâncias que colaboram no aprofundamento de discussões, na avaliação de temas estratégicos para os negócios e na tomada de decisões com segurança. São integrados pelo presidente, diretores e gerentes de diferentes áreas da instituição, que se reúnem periodicamente. Abaixo, seguem os Comitês existentes no Banco Fibra:

Comitês


Diretoria Executiva

Os diretores são eleitos pelo Conselho de Administração para um mandato de dois anos, com possibilidade de reeleição. São representantes legais do Banco e responsáveis pela gestão diária dos negócios e pela execução das políticas e diretrizes gerais estabelecidas pelo Conselho de Administração.

Arno Schwarz – Presidente Executivo.

Ocupa o cargo de membro do Comitê Financeiro da CSN desde 17 de setembro de 2015. Atualmente, é diretor presidente do Banco Fibra, onde atua desde junho de 2013. Membro do Conselho de Administração da Transnordestina Logística S.A., presidente e membro qualificado do Comitê de Auditoria do Banco Fibra, diretor presidente da Taquari Asset Ltda. e conselheiro da ABBC (Associação Brasileira de Bancos). Atuou na área de Financiamentos Estruturados do Bradesco BBI, onde ingressou em 2011, e anteriormente foi responsável pela área de operações financeiras da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), no período de 2007 a 2011. Graduado em Economia, Ciências Políticas e Estudos Latino Americanos pela Brandeis University em Waltham, EUA, possui MBA Executivo em Finanças pelo IBMEC SP/Insper em São Paulo, Brasil e é mestre em Administração de Empresas com foco em Finanças pela Columbia Business School em Nova Iorque, EUA.

Sergio Timoner – Diretor de Tesouraria e Produtos.

Ingressou no Banco em Maio de 2014. É formado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP, com MBA pela Yale School of Management. Possui mais de 20 anos de experiência na Área de Tesouraria, tendo trabalhado em vários bancos e empresas como Goldman, Sachs & Co., Banco ABN AMRO Real S.A, ING Bank, Companhia Siderúrgica Nacional, Green Capital Investimentos Ltda e Brado Capital Administradora de Carteira de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.

Kumagae Hinki Jr. – Diretor de Riscos, Operações e TI.

Ingressou no Banco em dezembro de 2013. Possui MBA pelo Massachusetts Institute of Technolgy (MIT), especialização em administração financeira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e graduado em tecnologia pela FATEC/SP. Com mais de 30 anos de experiência nas áreas de riscos, tecnologia e produtos, atuou tanto no mercado nacional como latino-americano. Trabalhou em instituições financeiras de destaque, como Itaú Unibanco e Banco Francês e Brasileiro e contribuiu para o sistema financeiro nacional, sendo diretor de entidades de classe como Febraban e ABBC.

Marcos Chadalakian – Diretor de Planejamento e Controladoria, Contabilidade e Suprimentos.

Ingressou no Banco Fibra em janeiro de 2014, tornando-se Diretor em Agosto de 2015. É graduado em Economia e Contabilidade pela PUC SP e com MBA pela Universidade Corporativa do BankBoston com módulo Internacional na Universidade de Toronto. Com mais de 20 anos de experiência, tendo trabalhado em bancos e empresas, dentre as quais: PWC (PricewaterhouseCoopers), BankBoston e Brazilian Finance & Real Estate

Eduardo Henrique Gayoso e Almendra – Diretor Negócios Atacado.

Ingressou no Banco em Outubro de 2016. É formado em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie, com MBA em Finanças pelo IBMEC. Com mais de 25 anos de experiência em bancos de investimento e comerciais, trabalhou para os bancos Bank of America MerrilLynch, CreditSuisse, Deutsche Bank, HSBC e Banco ABN AMRO Real S.A.


Auditoria Interna, Controles Internos e Compliance

A Auditoria Interna auxilia a organização a alcançar seus objetivos, adotando abordagem sistemática para a avaliação e melhora da eficácia dos processos de gerenciamento de risco, controles, governança corporativa e segurança da informação.

A áres de Controles Internos atua para, continuamente, melhorar a qualidade do ambiente de controles da organização, auxiliando as diversas áreas no mapeamento de seus processos, identificação e avaliação de riscos e controles. Também obtém e monitora planos de ação para evolução de processos e correção de falhas operacionais identificadas. Estes conjuntos de ações aumentam a previsibilidade dos processos e contribuem para a redução do risco operacional a que a instituição está exposta.

A área de Compliance atua de forma pró ativa, visando assegurar que as unidades organizacionais, observem os procedimentos e controles definidos para alcance dos objetivos estratégicos da instituição, e simultaneamente atendam aos requisitos legais estabelecidos pelos órgãos reguladores.

A atuação da área engloba as atividades de treinamento dos colaboradores, reforçando a cultura de Compliance, e ética empresarial, ressaltando-se a prevenção à lavagem de dinheiro, e conscientização à prevenção de atividades e condutas que possam ocasionar risco à imagem da instituição.

Formulários de Compliance

 

Banco Fibra - Brasil

USA Patriot Act

Fazer Download
 

Banco Fibra - Brasil

Anti-Money Laundering Questionnaire

Fazer Download
 

Banco Fibra - Brasil

W8 – Banco Fibra S.A.

Fazer Download
 

Banco Fibra - Grand Cayman Branch

USA Patriot Act

Fazer Download
 

Banco Fibra - Grand Cayman Branch

Anti-Money Laundering Questionnaire

Fazer Download
 

Banco Fibra - Grand Cayman Branch

W8 – Banco Fibra S.A. Cayman Branch

Fazer Download

Políticas de Governança

Advindas da Alta Administração, as Diretrizes Básicas de Governança Corporativa do Banco Fibra estabelecem os padrões de ética sobre diversos assuntos que podem provocar situações de conflito ou riscos e orientam a conduta e as decisões dos dirigentes, colaboradores e prestadores de serviço no cumprimento de suas atribuições. O Banco divulga seu Código de Ética para todos os funcionários e o coloca à disposição tanto em seu site institucional como na Intranet.


Política de Conheça seu Cliente

Em consonância com os dispositivos regulatórios vigentes e reforçando seu compromisso com os clientes, acionistas, colaboradores e sociedade, o Banco Fibra possui rígidos procedimentos no processo de Conheça Seu Cliente. Dentre os procedimentos estão a identificação do cliente, sua aceitação e/ou renovação, atualização constante dos dados cadastrais, além do monitoramento de suas movimentações financeiras. Adicionalmente, mantem um procedimento de investigação de atividade econômica ou profissional do cliente, estrutura societária, seus diretores e quaisquer informações que permitam ratificar as informações obtidas ou fornecidas pelo cliente no momento de seu cadastro.


Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro

Em conformidade com a legislação e regulamentação vigente no que se refere à Prevenção a Lavagem de Dinheiro e Combate ao Financiamento do Terrorismo e alinhado com as melhores práticas de mercado, o Banco Fibra possui rigorosos mecanismos de controle para a efetiva detecção da identidade e atividade de seus clientes, além da identificação dos recursos financeiros, origem e constituição de seu patrimônio. A instituição mantem uma estrutura de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, com área específica, responsável pela gestão deste processo, da qual realiza ações de controle e monitoramento constante de operações e transações financeiras.